.comment-link {margin-left:.6em;}

Casa Comum das Tertúlias

Blog da CCT. Espaço de intervenção e de reflexão. Aqui a Cultura e a Democracia são as prioridades. Participem.

sexta-feira, setembro 24, 2010

«Os Homens do 5 de Outubro — Nos Bastidores da Revolução», de António Ventura


Conferência-lançamento do livro «Os Homens do 5 de Outubro — Nos Bastidores da Revolução» da autoria de António Ventura, que terá lugar na Livraria CEBUCHHOLZ/LEYA (antiga Livraria Buchholz), Rua Duque Palmela, 4 (ao Marquês de Pombal), Lisboa, quarta-feira, 29 de Setembro, às 19h30.
A apresentação da obra estará a cargo do Prof. Doutor António Reis. Seguir-se-á uma conferência do autor subordinada ao tema do livro, no âmbito das Comemorações do Centenário da República.
Muito nos honrará a sua presença no lançamento deste livro de «Entrevistas com a História», que conta com o apoio institucional da Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República.

Os Homens do 5 de Outubro


Nos Bastidores da República

«O presente livro é um livro de entrevistas, mas de entrevistas ocorridas há exactamente 100 anos, com protagonistas há muito desaparecidos do mundo dos vivos. Todas elas estão relacionadas com a proclamação da República e dizem respeito a personalidades muito diversas: dirigentes e membros do Directório do Partido Republicano envolvidos nos preparativos revolucionários, outros destacados militantes com ampla experiência conspirativa mas que não tiveram um papel activo, ou porque estavam no exílio ou porque se encontravam detidos, militares que dirigiriam a revolução e outros que nela tiveram um papel secundário ou mesmo lateral, revolucionários civis, carbonários, membros da Maçonaria, nomeadamente da sua Comissão de Resistência, simples republicanos desconhecidos e meros espectadores. No seu conjunto, estas entrevistas são valiosas e esclarecedoras pelas visões multifacetadas e até pelo pitoresco de algumas delas.»
António Ventura, In Introdução «Entrevistas com a História»

ANTÓNIO VENTURA
Nasceu em Portalegre em 1953. Professor Catedrático do Departamento de História da Faculdade de Letras de Lisboa. Director do Centro de História da Universidade de Lisboa. Académico de número da Academia Portuguesa da História.
Participou em congressos científicos em Espanha, França, Itália, Suíça, Luxemburgo, Estados Unidos da América, Canadá, Macau, China, Polónia, México e Rússia 
 Da sua bibliografia, com cerca de 300 trabalhos publicados, entre os quais mais de 60 livros, destaca-se: O Imaginário Seareiro. Ilustradores e Ilustrações da revista «Seara Nova» (1990); José Régio – Correspondência (1994); António Sérgio e José Régio - um convívio epistolar (1994); Guerra de 1801 (1994); Entre a República e a Acracia. O Pensamento e a Acção de Emílio Costa (1994); O Combate de Flor da Rosa (1996); José Frederico Laranjo (1997); A Carbonária em Portugal (1999); O Marquês de Santa Iria nas Guerras Liberais (2000); Anarquistas, Republicanos e Socialistas: as convergências possíveis (1892-1919) (2000); José Régio e a Política (2000), Memórias da Resistência. Literatura Autobiográfica da Resistência ao Estado Novo (2001); O Cerco de Campo Maior em 1801 (2001); José Régio e a Política (2003); A Carbonária em Portugal 1897 – 1910 (2004); Estudos sobre História e Cultura Contemporâneas de Portugal (2004); A Guerra das Laranjas e a Perda de Olivença 1796 – 1801 (2004, Prémio de História Moderna e Contemporânea, Fundação Calouste Gulbenkian, da Academia Portuguesa da História – 2004); Mousinho da Albuquerque (2005); O Algarve visto pelos Estrangeiros (2205); História da Carris de Ferro de Lisboa (2005); Campanhas Coloniais (2006); A Guerra das Laranjas (2206); George Borrow em Portugal (2006); Planos espanhóis para a Invasão de Portugal 1796 – 1801 (2006); Os Postais da Primeira República (2010).

Colaboração em numerosas publicações periódicas, com realce para: Diário de Notícias, Jornal de Letras, Seara Nova, Colóquio Letras; Revista de História das Ideias, Revista da Faculdade de Letras, Revista da Biblioteca Nacional, Clio, Revista de Estúdios Extremeños, História, Gil Vicente, Vária Escrita, Macau, O Estudo da História, Boletim do Arquivo Histórico Militar, Boletim do Centro de Estudos Regianos, Boletim do Centro de Estudos José Régio, A Cidade, Olivença Revista de Estudos Históricos, Jurídicos e Diplomáticos, Ave Azul, Fórum, e Lusitânia Sacra.

____________________________________________________________

Nota Editorial:

Com base na nota de imprensa.

Etiquetas: , , ,

1 Comments:

At 1:08 da manhã, Anonymous Tiago Navarro S. Marques said...

Grande homem, grande pedagogo...foi meu professor na faculdade e muito aprendi com os seus discursos.
Parabéns por mais uma dignissima obra.
TM

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home