.comment-link {margin-left:.6em;}

Casa Comum das Tertúlias

Blog da CCT. Espaço de intervenção e de reflexão. Aqui a Cultura e a Democracia são as prioridades. Participem.

segunda-feira, abril 23, 2007

CONVITE TERTULIANO


Tipo de iniciativa: Tertúlia

Tema: "Leitores de Camilo"

Convidado: Eng.º Manuel Lopes Dias

Moderação: Luís Norberto Lourenço

Local: Cybercentro de Castelo Branco

Data: 5 de Maio de 2007

Hora: 16h

Organização: Casa Comum das Tertúlias

A próxima tertúlia abordará a obra de Camilo Ferreira Botelho Castelo Branco (N. Lisboa, 16 de Março de 1825 - M. São Miguel de Seide, 1 de Junho de 1890), escritor português que nos deixou uma obra vasta e de grande qualidade, foi umdos escritores mais profícuos do segundo Romantismo português.

Poeta, panfletário, polemista, prefaciador, crítico, tradutor, romancista, dramaturgo,bibliografo, historiador, cultor de todos os géneros, o conjunto da sua obraliterária é o mais vasto e diversificado de todo o século XIX.

A CCT convidou um grande leitor e coleccionador de Camilo para nos falar sobrea sua obra, para partilhare, em tertúlia, as suas leituras, portanto o temaserá "Leitores de Camilo".

O nosso convidado é uma personalidade bem conhecida dos albicastrenses: o Eng.ºManuel Lopes Dias.

António Manuel Lopes Dias nasceu em Castelo Branco na terceira década do séc.XX. Toda a família é "da beira do Tejo", nas palavras do nosso convidado. É formado em Engenharia Agrónoma, pai, avô, pequeno coleccionador de artesplásticas, naturalista, dirige escola infantil e está a construir uma creche na cidade de Castelo Branco. Lê Camilo há 38 anos a quem considera um "génio", deque tem uma biblioteca Camiliana com mais de 500 volumes a que se deveacrescentar mais algumas preciosidades sobre Camilo. Para compreender bem onosso povo, considera que tem que se ler muito Camilo. "O nosso povo tem oseu 'retrato' profundo no que o escritor escreveu."

O encontro acontecerá em Castelo Branco, no Cybercentro desta cidade, a 5 deMaio de 2007, pelas 16h.

Uma iniciativa da Casa Comum das Tertúlias, com moderação do Dr. Luís NorbertoLourenço.


Um lista das obras de Camilo Castelo Branco:

O Juizo Final e O Sonho do Inferno: Poema em 3 Cantos (Poesia), 1845

Os Pundonores Desagravados (Poesia), 1845

Agostinho de Ceuta, teatro (Teatro), 1847

Maria! Não me mates que sou tua Mãe! (Novela), 1848 ; 2001

A Murraça (Poesia), 1848 ; 1984

O Caleche e o Último Ano de um Valido (Miscelânea), 1849

O Marquês de Torres Novas (Teatro), 1849

Anátema (Romance), 1850 ; 2003

O Clero e o Sr. Alexandre Herculano (Polémica), 1850

Hossana! (Poesia), 1852

Salve, Rei! (Poesia), 1852 ; 1924

Mistérios de Lisboa (Romance), 1853 ; 1983

A Filha do Arcediago (Romance), 1854 ; 1977

Folhas Caídas, Apanhadas na Lama (Poesia), 1854

Um Livro (Miscelânea), 1854 ; 1968

Duas Épocas na Vida (Poesia), 1854 ; 1922

Cenas Contemporâneas (Miscelânea), 1855

Livro Negro de Padre Dinis (Romance), 1855 ; 1999

Onde Está a Felicidade? (Romance), 1856 ; 2003

Um Homem de Brios (Romance), 1856

A Neta do Arcediago (Romance), 1856 ; 1989

Hino consagrado a S. M. El-Rei o Senhor D. Pedro V (Poesia), 1856

Justiça: drama em 2 actos (Teatro), 1856 ; 1972

Cenas da Foz (Novelas), 1857

Purgatório e Paraíso (Teatro), 1857

Espinhos e Flores (Teatro), 1857

Lágrimas Abençoadas (Romance), 1857 ; 1999

Carlota Ângela - Romance Original (Romance), 1858 ; 1967

Vingança (Romance), 1858 ; 1981

Duas Horas de Leitura (Miscelânea), 1858

O Que Fazem Mulheres (Romance), 1858 ; 1999

Doze Casamentos Felizes (Novelas), 1861 ; 2003

Abençoadas Lágrimas! (Teatro), 1861 ; 1971

O Morgado de Fafe em Lisboa (Teatro), 1861 ; 1979

Vinte Horas de Liteira, 1861 ; 1997

O Romance dum Homem Rico (Romance), 1861 ; 1992

Amor de Perdição (Romance), 1862 ; 2004

Poesia ou Dinheiro? (Teatro), 1862

Memórias do Cárcere, 1862 ; 2001

As Três Irmãs (Romance), 1862 ; 1999

Coracão, Cabeça e Estômago (Romance), 1862 ; 1988

Coisas Espantosas (Romance), 1862

Estrelas Funestas (Romance), 1862; 1999

O Bem e o Mal (Romance), 1863 ; 2003

Memórias de Guilherme do Amaral (Romance), 1863; 1990

Aventuras de Basílio Fernandes Enxertado (Romance), 1863; 1987

Noites de Lamego (Miscelânea), 1863 ; 1999

Anos de Prosa (Romance), 1863 ; 1999

Cenas Inocentes da Comédia Humana (Miscelânea), 1863

Agulha em Palheiro (Romance), 1863 ; 1999

Estrelas Propícias (Romance), 1863 ; 1999

Amor de Salvação (Romance), 1864 ; 1989

No Bom Jesus do Monte, 1864 ; 1984

A Filha do Doutor Negro (Romance), 1864 ; 1972

Esboços de Apreciações Literárias (Crítica Literária), 1865 ; 1969

Divindade de Jesus e Tradição Apostólica (Miscelânea), 1865 ; 1971

O Morgado de Fafe Amoroso (Teatro), 1865 ; 1979

Luta de Gigantes (Romance), 1865 ; 1976

O Esqueleto (Romance), 1865 ; 1985

Horas de Paz: escritos religiosos (Miscelânea), 1865 ; 1966

A Sereia (Romance), 1865 ; 1999

O Judeu: romance histórico (Romance), 1866 ; 1984

O Santo da Montanha (Romance), 1866 ; 2000A Enjeitada (Romance), 1866 ; 1990O Olho de Vidro (Romance), 1866 ; 2000Vaidades Irritadas e Irritantes (Polémica), 1866A Queda dum Anjo (Romance), 1866 ; 2003A Doida do Candal (Romance), 1867 ; 2003A Bruxa de Monte-Córdova (Romance), 1867 ; 1984O Senhor do Paço de Ninães (Romance), 1867 ; 1984Coisas Leves e Pesadas (Miscelânea), 1867 ; 1971Cavar em Ruínas (Miscelânea), 1867Mistérios de Fafe (Romance), 1868 ; 1990O Sangue (Romance), 1868 ; 1999O Retrato de Ricardina (Romance), 1868 ; 2000Mosaico e Silva de Curiosidades (Miscelânea), 1868As Virtudes Antigas, 1868 ; 1943Os Brilhantes do Brasileiro (Romance), 1869 ; 1984A Mulher Fatal (Romance), 1870 ; 1981D. António Alves Martins, Bispo de Viseu, 1870 ; 1889

O Condenado (Teatro), 1870

Voltareis, ó Cristo?, 1871 ; 1984

Inspirações (Poesia), 1871 ; 1984

Teatro Cómico: A Morgadinha de Val-D'Amores; Entre a Flauta e a Viola (Teatro),1871

O Carrasco de Vitor Hugo José Alves (Romance), 1872 ; 1990

Quatro Horas Inocentes (Antologia), 1872 ; 1968

O Demónio do Ouro (Romance), 1873 ; 2000

O Visconde de Ouguela, 1873 ; 1886

O Regicida, narrativa (Romance Histórico), 1874 ; 1990

José Bálsamo (Ensaio e Biografia), 1874

Vida do José do Telhado, 1874 ; 2003

Correspondência Epistolar entre José Cardoso Vieira de Castro e Camilo CasteloBranco (Correspondência), em colab. com Vieira de Castro, 1874 ; 1968

Noites de Insónia (Miscelânea), 1874

Ao Anoitecer da Vida (Poesia), 1874 ; 1999

A Filha do Regicida: romance histórico (Romance), 1875 ; 1990

A Caveira da Mártir (Romance), 1875 ; 1876

Novelas do Minho (Novelas), 1875 ; 1999

Curso de Literatura Portuguesa, 1876 ; 1986

Eusébio Macário (Romance), 1879 ; 2003

Bibliografia Portuguesa e Estrangeira (Divulgação), 1879

Livro de Consolação (Romance), 1879 ; 2000

Os Críticos do Cancioneiro Alegre (Polémica), 1879

Cancioneiro Alegre (Antologia), 1879

A Corja (Romance), 1880 ; 2003

Luís de Camões: notas biográficas, 1880 ; 1981

Suicida (Novela), 1880A Senhora Rattazzi (Polémica), 1880 ; 2001

Ecos Humorísticos do Minho (Miscelânea), 1880 ; 1985

Narcóticos (Miscelânea), 1882

A Brasileira de Prazins (Romance), 1882 ; 2001

Perfil do Marquês de Pombal (Ensaio Histórico), 1882 ; 2003

D. Luiz de Portugal, neto do Prior do Crato (Quadro Histórico: 1601-1660,1883 ; 1990

O Último Acto (Teatro), 1884

O Vinho do Porto, 1884 ; 2001

O General Carlos Ribeiro : recordações da mocidade, 1884 ; 1990

Serões de S. Miguel de Ceide (Miscelânea), 1885 ; 1980

Maria da Fonte (Romance Histórico), 1885 ; 2001

Vulcões de Lama (Romance), 1886 ; 1984

Esboço de Crítica: Otelo, o Mouro de Veneza (Crítica Literária), 1886 ; 1990

Boémia do Espírito (Antologia), 1886 ; 1975

Nostalgias: última prosa rimada (Poesia), 1888

Delitos da Mocidade (Miscelânea), 1889 ; 1973

Nas Trevas (Poesia), 1890

O Lobisomem (Teatro), 1900 ; 1946

Duas Senhoras Briosas (Teatro), 1932

O Senhor Ministro (Novela), 1989 ; 2000

Coisas que só eu sei, 1990

Horas de Luta (Miscelânea)

Todos os que se interessam por este autor português são nossos convidados parapartilhar as suas leituras sobre Camilo.
Leitor ou não de Camilo junta-te a nós na tertúlia.

Saudações culturais,
Luís Norberto Lourenço
(Fundador e Organizador da Casa Comum das Tertúlias)

Organização:
Casa Comum das Tertúlias / Luís Norberto Lourenço

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home